Pai de Britney Spears diz que transtornos mentais da artista são mais graves do que os fãs imaginam
31/08/2021 16:10 em Música

Novas afirmações feitas pelo pai de Britney Spears sobre a saúde mental da cantora ganharam destaque na imprensa internacional nesta semana. De acordo com o The Sun, Jamie Spears declarou que existem informações "altamente confidenciais" sobre o estado mental da Princesa do Pop e seu vício em drogas, que são muito mais graves do que o público possa imaginar.

O The Sun obteve acesso a um documento relacionado à suspensão do papel de Jamie na tutela, no qual sua advogada afirma que as ações de seu cliente "salvaram sua filha do desastre".

"Se o público conhecesse todos os fatos da vida pessoal da Sra. Spears, não apenas seus altos, mas também seus baixos, todos os vícios e problemas de saúde mental com os quais ela tem lutado, e todos os desafios da tutela, eles elogiariam o Sr. Spears pelo trabalho que ele fez, e não iriam demonizá-lo. Mas o público não sabe de todos os fatos e não tem direito a saber, então não haverá redenção pública para o Sr. Spears", diz o texto.

O documento também acrescenta que Jamie iniciou o tratamento psiquiátrico de Britney como seu tutor, mas que, nos últimos anos, o mesmo era supervisionado pela cuidadora pessoal da estrela - e também tutora - Jodi Montgomery.

A questão ganhou força após Britney alegar no tribunal que sua tutela era abusiva e que era obrigada a tomar Lítio, medicamento que fazia com que ela mal conseguisse ter uma conversa normal com alguém. No processo, Jamie afirma que Montgomery era a responsável pela decisão do coquetel de remédios, ao lado do falecido psiquiatra de Britney, Dr. Benson, e do ex-advogado, Sam Ingham III. O pai da cantora também insiste que tinha pouco papel sobre essa decisão, a não ser o de assinar cheques.

"Não há dúvida de que a tutela salvou a Sra. Spears do desastre, lhe deu apoio quando ela mais precisou, a protegeu e protegeu sua reputação de danos, facilitando a restauração de sua carreira", acrescentou a advogada de Jamie no processo.

Através de documentos enviados ao tribunal neste mês, Jamie Spears concordou em deixar de ser o tutor da cantora (papel que assumiu em 2008) devido à polêmica briga judicial.

 

Texto: Redação: Vagalume / Foto: Divulgação

COMENTÁRIOS