Morador do Morumbi, Felipe Borges trouxe para Foz o bronze dos Jogos PanAmericanos
13/08/2019 11:56 em Cotidiano

Há dez anos, Felipe Borges ingressou no Meninos do Lago, um projeto social e esportivo que estava sendo implantado em Foz do Iguaçu. Hoje, atleta de alto rendimento, ele acumula vitórias e conquistas. A última delas foi a medalha de bronze nos Jogos PanAmericanos de Lima, no Peru. Morador do bairro Morumbi, o iguaçuense é atualmente um dos principais nomes da canoagem slalom no Brasil em sua categoria. Com a medalha no peito, ele foi entrevistado no programa Marco Zero, produção conjunta do H2FOZ e da Rádio Clube FM Foz.

Ao Marco Zero, Felipe falou sobre seu início na canoagem slalom e a oportunidade proporcionada pelo projeto Meninos do Lago. O atleta revelou a transformação que o esporte promoveu em sua vida, sua rotina de treinamento, a emoção de receber a medalha representando o Brasil e os próximos desafios.

O canoísta iguaçuense se prepara para disputar o Mundial de Canoagem Slalom 2019, na Espanha, em setembro. Neste torneio internacional, ele disputará vaga para participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, a serem realizados no próximo ano.

VITÓRIAS HISTÓRICAS

 

O atleta conta que seu início na canoagem aconteceu com 14 anos – hoje ele tem 24. Ele destacou o papel da atividade esportiva em sua  formação. “O esporte só traz coisas boas, traz vida, saúde, educação e integração. Tudo o que eu tenho hoje eu devo ao esporte”, destacou.   

Conquistas

Os Jogos Pan-Americanos deste ano foram históricos para a cidade. Além de Felipe Borges, que garantiu uma medalha de bronze na categoria C1 Masculino, Ana Sátila faturou duas medalhas de ouro nas categorias C1 e Canoagem Slalom Extremo Feminino. Pedro Gonçalves, o Pepê, ficou com duas de ouro nas categorias K1 e Canoagem Slalom Extrem.

Fonte: H2Foz

COMENTÁRIOS