Parque Nacional do Iguaçu movimenta 30% da economia de Foz
09/01/2020 23:16 em Notícias

A contribuição financeira do Parque Nacional do Iguaçu para a cidade é muito significativa. Estima-se que quase 30% da economia de Foz do Iguaçu esteja relacionada à visitação do Parque Nacional do Iguaçu. Também são gerados mil empregos diretos e 15 mil indiretos.

Os R$ 280 milhões gastos pelos visitantes do Parque Nacional do Iguaçu refletem em mais de R$ 1 bilhão em vendas, R$ 300 milhões em renda da população e R$ 400 milhões em valor agregado ao PIB.

Esse plus na economia de Foz do Iguaçu ocorreu depois que a concessionária Cataratas S/A assumiu a gestão do parque. “O turismo em Foz do Iguaçu estava estagnado e sem perspectivas de crescimento. Existia um potencial turístico muito grande, mas faltava gestão profissional, infraestrutura e serviços eficientes para o atendimento aos visitantes. O parque recebia uma média de 700 mil visitantes durante o ano.  Juntamos forças com as lideranças da cidade e criamos um sistema que se tornou referência em qualidade de atendimento e gestão socioambiental. A concessão fez uma grande transformação no Parque e este ano recebemos mais de 2 milhões de visitantes”, explica o diretor da concessionária, Adelio Demeterko.

Mas a Cataratas S/A busca novas conquistas, segundo Demeterko. “A nossa principal missão hoje é melhorarmos a atuação na área de sustentabilidade. Isso envolve a nossa inserção na comunidade local, gerar inovações e desenvolver ações para maior eficiência das nossas operações. Uma preocupação que temos para futuro é a necessidade de revitalização da infraestrutura das trilhas e mirantes das Cataratas. A estrutura do parque melhorou bastante nos últimos anos, mas a trilha das Cataratas ainda é um grande gargalo para a qualidade da experiência dos nossos visitantes e, consequentemente do desenvolvimento do turismo no parque”, destaca.

Texto: Adelino de Souza - Foto: ICMBio

COMENTÁRIOS