BPFron quer ampliar as operações na fronteira do Brasil com Paraguai
12/01/2020 00:56 em Cotidiano

O Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) quer ampliar, a partir de janeiro de 2020, o número de operações de combate ao crime organizado, especialmente na faixa de fronteira entre o Brasil e o Paraguai. A informação é do major André Cristiano Dorecki, que reassumiu recentemente o comando da corporação, após um ano atuando na Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

No período em que Dorecki trabalhou ao lado do ministro Sérgio Moro em 2019, o BPFron esteve sob o comando do tenente-coronel Saulo de Tarso Sanson Silva. "Nesse um ano e três meses, tivemos a oportunidade de trabalhar no Ministério da Justiça e Segurança Pública com projetos voltados à fronteira", disse o major, em entrevista ao O Presente, de Marechal Cândido Rondon.

"Agora, Sanson vai para lá dar continuidade nestas ações, enquanto nós vamos manter os trabalhos do Batalhão de Fronteira no Estado do Paraná", ressaltou Dorecki. A expectativa, de acordo com o major, é ampliar as operações e expandir a aproximação com a comunidade, cujo trabalho foi iniciado pelo tenente-coronel. 

"A maioria dos resultados positivos que a PM obtém no tocante às apreensões, prisões e mesmo na parte preventiva são aquelas desencadeadas por parte do apoio da comunidade", afirmou Dorecki. Na entrevista, ele fez questão de destacar que isso ocorre quando os cidadãos repassam informações relevantes à corporação. "O que é essencial para nós, seja para a existência do Batalhão de Fronteira ou, especialmente, para coibir a atuação de grupos criminosos", frisou. 

COBRA

Há aproximadamente três semanas, o BPFron iniciou a ocupação da antiga base náutica de Entre Rios do Oeste, que passa a sediar o Pelotão COBRA (Corpo de Operações de Busca e Repressão Aquática). "Tivemos apoio fundamental tanto do município quanto da Itaipu Binacional, que executou a reforma de toda a base náutica", informou. 

Texto: Ronildo Pimentel - G Dia / Foto: AEN

COMENTÁRIOS