Facebook lança ferramentas que permitem rastrear anúncios políticos no Brasil
23/09/2020 08:16 em Tecnologia

O Facebook anunciou nesta 3ª feira (22.set.2020) a disponibilização no Brasil de duas ferramentas que facilitam a pesquisa e análise de publicidade sobre política ou eleições na rede social. Os recursos também estão disponíveis para o Instagram.

O Relatório de Transparência e a Interface de Programação de Aplicativo (API, na sigla em inglês) são funcionalidades presentes na Biblioteca de Anúncios, que reúne as campanhas de publicidade do Facebook e Instagram com o selo “Pago por” ou “Propaganda Eleitoral”. As campanhas ficam disponíveis por 7 anos na biblioteca.

No Relatório de Transparência, o usuário pode visualizar o total de anúncios sobre política e eleições criados no Brasil com 1 dos rótulos –”Pago por” ou “Propaganda Eleitoral”– desde agosto de 2020, assim como o valor total gasto.

Também é possível ver as principais buscas na Biblioteca de Anúncios e filtrar os gastos por data, região ou anunciante, além de uma lista com os maiores anunciantes no último dia ou por intervalo de 7 dias, 30 dias, 90 dias ou todas as datas.

Já a Interface de Programação de Aplicativo permite criar pesquisas personalizadas de anúncios com palavras-chave armazenadas na biblioteca. Para ter acesso ao recurso, é necessário confirmar identidade e localização, criar uma conta de desenvolvedor do Facebook e adicionar 1 novo aplicativo.

O acesso à API permite pesquisar dados para todos os anúncios ativos e inativos sobre temas sociais, eleições ou política. A ferramenta também permite a pesquisadores, especialistas e jornalistas estudarem e avaliarem a propaganda política nas redes sociais e criem relatórios ou reportagens sobre o assunto.

Regras para anúncios políticos no Facebook

O Facebook não permite, desde agosto, que anúncios sobre política ou eleições no Brasil sejam exibidos na plataforma e nem no Instagram no Brasil sem o aviso “Pago por” ou “Propaganda Eleitoral”.

Qualquer pessoa ou organização que queira fazer anúncios relacionados à política ou eleições no Facebook ou no Instagram precisa antes confirmar identidade e precisa ter residência no Brasil. Os anunciantes têm a opção de fornecer número do CNPJ ou CPF.

Depois de confirmar a identidade, o anunciante pode criar 1 aviso e selecionar os rótulos “Pago Por” ou “Propaganda Eleitoral”. As informações fornecidas ficarão disponíveis no topo de cada anúncio ao clicar no ícone “i”.

 

Fonte: Microsoft News

COMENTÁRIOS